Sexta-Feira, 23 de junho de 2017


PUBLICIDADE


10 Dias de Governo: Magno Bacelar já recebeu quase 2milhões de reais em recursos federais; abono para servidores da educação está descartado

Chapadinha

10/01/2017 13h42 - Atualizado em 11/01/2017 10h48



Vários setores básicos do Município, como a educação, saúde, infraestrutura, são beneficiados com vários recursos destinados pelo Governo Federal para serem aplicados de forma correta e que de alguma forma proporcione aos cidadãos uma qualidade de vida melhor.

Em razão disso, todos os meses, com regularidade, são depositados valores generosos nas contas das Prefeituras das cidades brasileiras. No Maranhão, não é diferente, no município de Chapadinha por exemplo, o novo prefeito da cidade, Dr. Magno Bacelar não tem do que reclamar, em apenas 10 dias de nova administração, já foram creditados na conta da prefeitura a bagatela de R$ 1.903.858,26 (um milhão, novecentos e três mil, oitocentos e cinquenta e oito reais e vinte seis centavos).




Os créditos conforme print abaixo são verbas referente ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), Imposto Territorial Rural (ITR), Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo Saúde (FUS), ICS e ICMS Estadual e SNA – Simples Nacional.


Estes valores se referem apenas ao período de 01 de janeiro de 2017 a 10 de janeiro de 2017. Além destes valores, o prefeito Magno Bacelar encontrou em conta o crédito referente a multa da repatriação no valor de R$ 1.368.193,71 (um milhão, trezentos e sessenta e oito mil reais, cento e noventa e três reais e setenta e um centavos), creditado na conta do município no último dia 30 de dezembro.

Pagamento de Abono Com o Valor da Multa da Repatriação

A ex-prefeita do município Ducilene Belezinha ao termino do seu mandato chegou anunciar pagamento de abono para os servidores da educação, na época, a assessoria de comunicação da ex-mandatária divulgou a informação que o município usaria o recurso da multa da repatriação para pagamento do beneficio, horas depois em nova nota, a assessoria da ex-prefeita informou que o recurso havia sido bloqueado pelo Juiz da Comarca de Chapadinha, Cristiano Simas, em ação impetrada pelos advogados do atual prefeito Magno Bacelar e que não mais seria possível o pagamento do abono.

Procurado pelo Pirapemas.com para falar sobre o assunto, o novo secretário de comunicação do município, Eduardo Braga, falou que está descartado pelo prefeito Magno Bacelar, o pagamento de abono neste momento e que os recursos da repatriação serão usados para equipar o Hospital Antônio Pontes de Aguiar com medicamentos e insumos. "Não haverá pagamento de abono neste momento. A prioridade é a saúde. O prefeito pretende comprar remédios e insumos em escala suficiente para baratear os preços e manter um estoque que dê sempre a segurança de abastecimento por, pelo menos, 60 dias".

Questionado pela reportagem se o pagamento de abono para os profissionais da educação está totalmente descartado pelo prefeito Magno Bacelar, o secretário disse que o município não tem como pagar benefício extra. "Não tem porque pagar abono agora. Seria até a ampliação de uma ilegalidade dela (ex-prefeita Ducilene Belezinha). O índice de gasto com folha de pagamento chegou a 63%, muito acima dos 54% permitidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal".


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO