Sexta-Feira, 24 de novembro de 2017


PUBLICIDADE




Cantanhede

Acusado de tentativa de homicídio vai a júri popular, em Cantanhede

A tentativa aconteceu no dia 10 de junho de 2001, entre a Rua Benedito Lopes e a Rua do Cemitério


Com informações da CGJ

31/10/2017 11h04 - Atualizado em 31/10/2017 11h10


Um homem identificado como Roberto Leal será julgado nesta terça-feira (31) na Comarca de Cantanhede. A sessão terá a presidência do juiz Paulo do Nascimento Júnior. O julgamento de Roberto Leal segue tabela divulgada pelo Fórum de Cantanhede na semana passada. O júri tem início no período da manhã. 

Roberto Leal é acusado de, no dia 10 de junho de 2001, por volta das 23h30min, entre a Rua Benedito Lopes e a Rua do Cemitério, ambas localizadas na cidade de Cantanhede, tentar matar o homem identificado como “Zé Bocão”, não conseguindo consumar seu intento por razões alheias a sua vontade. Naquele dia, realizava-se uma festa no Bar Três Estrelas. Relata a denúncia que a vítima adentrou o bar sem pagar, após travar discussão com o porteiro. 

Em seguida, o pai do ofendido ali chegou, tendo igualmente discutido com o porteiro da festa, pois também pretendia adentrar no recinto sem efetuar o pagamento devido, em razão do que Zé Bocão reaproximou-se do porteiro, segurando uma garrafa nas mãos, e, após ligeira discussão, saiu do local fazendo ameaças.

O denunciado, após indagar ao porteiro o que havia ocorrido, saiu daquele estabelecimento comercial portando uma arma de fogo na cintura — revólver, marca Rossi, calibre 38, tendo se deparado com a vítima, momento em que teria efetuado três disparos. 

Mais Júri Popular

No dia 14 de novembro o réu será José Domingos Silva. Os outros júris são de Dielson Brandão (16 de novembro), Charles Pereira dos Santos (dia 21 de novembro), Francisco da Luz (dia 28 de novembro), e Fábio da Silva Moreira, marcado para o dia 30 de novembro e que encerra a pauta em Cantanhede.


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO