Sábado, 18 de novembro de 2017


PUBLICIDADE




Cantanhede

Cantanhede: Festa do tradicional Tambor de Crioula marca o dia da libertação dos escravos


Blog Me Informo

13/05/2017 12h33 - Atualizado em 14/05/2017 00h00


No dia 13 de maio de 1888, chegou ao fim o trabalho escravo no Brasil. Após quatro séculos de escravidão, tortura e maus-tratos, os negros estavam libertos perante a lei. A aprovação da Lei Áurea, a lei que oficializou o fim da escravidão no Brasil, foi assinada pela Princesa Isabel. O processo abolicionista foi também resultado de uma luta política, que mobilizou alguns políticos da época que se empenharam em ajudar a Princesa a aprovar a Lei Abolicionista.

A abolição foi o resultado, principalmente, da luta dos negros, escravos ou não, que se mobilizaram ao longo da década de 1880 contra a continuidade do trabalho escravo.

Em Cantanhede a data não passou em branco. A Associação Beneficente Antônio Lopes da Cunha, lembrou a data ao som do dos tambores.

Há 20 anos a festa é realizada no local, com a tradicional festa do Tambor de Crioula de Cantanhede. A festa dançante ao som do tambor entrou a madrugada deste sábado dia 13.

A festa do tambor foi muito bem prestigiada por descendestes de famílias de escravos e pelo público em geral, e contou também com a participação do – prefeito de Cantanhede, José Martinho e do ex- prefeito de Miranda do Norte, Júnior Lourenço.


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO