Sábado, 29 de abril de 2017

PUBLICIDADE

Com mais de 100 cidades participando, JEM’S bate novo recorde para edição de 2017

Esporte

10/04/2017 11h33

Prestes a iniciar as competições da 45ª edição dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), o Governo do Estado continua a contabilizar recordes em municípios participantes na competição. Este ano, são 107 municípios, destes, 20 participarão pela primeira vez da competição, conhecida como a maior competição esportiva do Maranhão.

Entre escolas das redes públicas estaduais, municipais e privadas dos mais de 100 municípios maranhenses inscritos, o JEMs 2017 contará com a participação de mais de 1.500 escolas devidamente inscritas para concorrer as etapas metropolitana, regional e estadual e suas 24 modalidades esportivas.

Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), com o tema “Esporte Pela Paz”, a edição deste ano contará com a participação de aproximadamente 75 mil estudantes, oferecendo para todos, estruturas dignas de alojamento, alimentação, saúde, transporte, lazer e cultura.Entre as melhorias oferecidas aos atletas pelo Governo do Estado desde a edição de 2015, estão alojamento, três refeições diárias com cardápio variado com assistência de uma equipe de nutricionistas e transporte para os locais de competição. Todas esses benefícios estão assegurados para edição 2017 dos jogos.

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, explica que as melhorias foram propostas para garantir a qualidade de vida dos atletas e também os resultados das competições. “Essa será a terceira edição com a garantia de tratamento estabelecido pelo próprio do governador Flávio Dino, que nos solicitou que os jovens atletas que vem do interior do estado tenham todo o apoio nutricional, conforto nos alojamentos, saúde, transporte, lazer e cultura em todos os dias da competição”, afirma Jardim.



“Assim como na edição de 2016, três grandes centros de alojamento para vivências dos atletas maranhenses serão montados no Parque Folclórico, da Vila Palmeira; no Estádio Castelão e no Centro Social dos Servidores do Maranhão (Ipem). Os espaços abrigarão os jovens de forma confortável e digna, garantindo segurança, higiene e conforto dos esportistas. Com a experiência, os jovens atletas ainda poderão trocar experiência com atletas de vários lugares do estado”, completa o secretário de Esporte.

Para garantir o bom condicionamento físico dos atletas dos JEMs, o Governo do Estado também repetirá a experiencia exitosa dos outros anos, oferecendo aos atletas uma clínica de fisioterapia equipada com equipamentos modernos e uma equipe de especialistas da área, oferecendo assistência e continuidade nos tratamentos. “Por meio dos JEMs, o governo promove o intercâmbio entre os atletas de todo estado, trocas de experiências e vivência esportiva e cultural. Tão fundamentais para suas formações. O cuidado com os jovens durante o JEMs também é a nossa forma de mostrar para os jovens que o Estado reconhece o esforço e e incentiva a continuidade e profissionalização de suas carreiras no esporte”, finaliza Jardim. 

Modalidades

Os 107 municípios inscritos terão equipes concorrendo nas seguintes modalidades: Atletismo, Basquete, Badminton, Ciclismo, Futsal, Ginástica Rítimica, Handebol, Judô, Natação, Tênis de Mesa, Voleibol, Xadrez, Luta Olímpica, Dama, Futebol, Jiu-Jitsu, Tae-Kwon-Do, Vôlei de Praia, Karatê, Capoeira e Beach Soccer. 

Conhecimento dividido

Visando o aprimoramento técnico e a elevação do nível de conhecimento de equipes técnicas e atletas, a organização do JEMs também garantiu a realização das ‘Clínicas Esportivas’, palestras ministradas pelos principais destaques do esporte educacional brasileiro. Nas edições anteriores, participaram das clínicas nomes como o da professora Florência Rodrigues, que foi técnica da Seleção Brasileira de Ginástica no Campeonato Sul-Americana de 2015; professor Gustavo de Sousa, técnico do basquete feminino da Universidade Presbiteriana Mackenzie; Marcelo Lima, treinador do Centro de Excelência Esportiva do Governo do Estado de São Paulo e do Clube de Atletismo BM & FBOVESPA; e do professor Flávio Cabral, especialista em Luta Olímpica; Rani Yahya, sobre Jiu-Jtsu.

Esporte e Cultura

Outra novidade mantida na edição 2017 dos jogos é o intercâmbio cultural entre jovens do interior do estado com os atrativos turísticos de São Luís. A Sedel oferecerá aos jovens momentos de descontração promovidos pelo projeto “Agita JEMs”, que contará com programação de passeios, apresentações culturais e atividades educacionais para os atletas que se classificarem para a etapa estadual da competição.

Emprego e renda

Além de incentivar os jovens maranhenses a vencerem por meio do esporte, o JEMs também oportuniza que pelo menos 500 pessoas possam trabalhar na organização do evento por meio de contratos temporários.


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO