Quinta-Feira, 19 de julho de 2018


PUBLICIDADE




Cidade

Matões do Norte e Vargem Grande entre as cidades maranhenses com cobertura vacinal abaixo de 50%

Outras 29 cidades do Estado completam a lista.


11/07/2018 10h14 - Atualizado em 11/07/2018 17h58


31 cidades maranhenses estão com cobertura vacinal abaixo de 50% para a poliomielite. O dado foi divulgado pela coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI), Carla Domingues, durante reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), na última quinta-feira (28/06). Ao todo, 312 municípios brasileiros estão na mesma situação.

Os municípios maranhenses que integram a lista são:

Arame/MA (14,81%)

São Domingos do Maranhão/MA (15,25%)

Alcântara/MA (15,64%)

Bequimão/MA (19,08%)

Santa Luzia do Paruá/MA (21,45%)

Jenipapo dos Vieiras/MA (23,24%)

Bacuri/MA (24,00%)

Turiaçu/MA (24,41%)

São João Batista/MA (25,27%)

Santana do Maranhão/MA (28,57%)

Peri Mirim/MA (32,59%)

Dom Pedro/MA (34,73%)

Axixá/MA (35,92%)

Bacabal/MA (35,99%)

Magalhães de Almeida/MA (36,40%)

Humberto de Campos/MA (37,33%)

Matões do Norte/MA (38,40%)

Vargem Grande/MA (38,72%)

Pinheiro/MA (40,25%)

Carutapera/MA (40,32%)

Chapadinha/MA (41,92%)

Serrano do Maranhão/MA (43,24%)

Vitorino Freire/MA (43,37%)

Belágua/MA (43,50%)

Raposa/MA (43,72%)

São Vicente Ferrer/MA (44,01%)

Presidente Dutra/MA (46,57%)

Grajaú/MA (47,26%)

Presidente Sarney/MA (47,99%)

Central do Maranhão/MA (48,39%)

Primeira Cruz/MA (48,92%)

 

O Brasil está livre da poliomielite desde 1990. Em 1994, o país recebeu, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem. Por isso é fundamental a manutenção das elevadas coberturas vacinais, acima de 95%.  Embora o Brasil esteja livre da paralisia infantil desde 1990 é fundamental a continuidade da vacinação para evitar a reintrodução do vírus da poliomielite no país. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, três países ainda são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão)", explicou a Diretora do PNI, Carla Domingues.

 


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO