Quinta-Feira, 20 de setembro de 2018


PUBLICIDADE




Chapadinha

Município de Chapadinha consome mais do que arrecada com Iluminação Pública

O poder Executivo já apresentou projeto de lei à Câmara Municipal para recompor a perda inflacionária.


12/04/2018 12h20

A Companhia Energética do Maranhão (Cemar) apresentou à Prefeitura de Chapadinha fatura de R$ 33.679,68 referente ao mês de novembro do ano passado pelo quanto o consumo da iluminação pública da cidade superou o arrecadado nas contas dos consumidores.

Os seguidos aumentos no preço da energia elétrica combinado com o congelamento das tarifas da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) por mais de oito anos fez com que o município deixasse de receber até 109 mil reais, como em dezembro de 2014, para a condição de devedor da empresa.

“A manutenção da rede é feita com o que é arrecadado nas nossas contas subtraído o que é consumido pelos 10.432 pontos de iluminação pública. Agora, ao invés de sobrar para fazer manutenção, a Prefeitura precisa cortar recursos de outras áreas para completar o pagamento do consumo”, lamenta o porta-voz do governo secretário Luiz Eduardo Braga.

O poder Executivo já apresentou projeto de lei à Câmara Municipal para recompor a perda inflacionária do período e espera que, sendo aprovado, o município passe a ter recursos para fazer a manutenção como devido e trocar as lâmpadas por outras de menor consumo, como já deveria ter sido feito. “De 2013 a 2016 o município recebeu mais de dois milhões e quinhentos mil (R$ 2.574.726,35) para fazer a manutenção da rede. Era o momento de ter colocado lâmpadas de LED nos nossos postes”, lembrou o secretário.


Acompanhe o Pirapemas.com também pelo Twitter™ e pelo Facebook
Informações, imagens, vídeos, sugestões, denúncias podem ser enviados no nosso WhatsApp: (98) 98179-7981 ou através do e-mail: contato@pirapemas.com





PUBLICIDADE


COMENTÁRIO